O Pitocando é preparado carinhosamente para bebês e crianças de 8 meses a 4 anos. São aulas de música e artes visuais que auxiliam na construção da linguagem e leitura de mundo, através do afeto e da expressão da criatividade.

Todas as aulas têm a duração de 50 minutos. As crianças e familiares que participam das aulas de música e artes visuais ficam um total de 2h na Casa.

Os encontros são para bebês e crianças de até 4 anos e necessitam da presença constante de um cuidador. As atividades propostas são o mote para o processo de criação da dupla, onde o adulto apoia, incentiva e participa. Por isso, é necessário que o cuidador esteja presente não só fisicamente, mas também (e principalmente), afetivamente, contribuindo para a formação de um indivíduo mais seguro, criativo e feliz.

As mudanças de turmas são preparadas dentro de cada grupo e com cada familiar, verificando a percepção de quem acompanha o bebê ou a criança até o espaço da Casa.

As crianças a partir de 4 anos já ficam sozinhas nas aulas e as aulas são no Invencionices.

Os horários são construídos a cada semestre, de acordo com a demanda das famílias.

As turmas são divididas da seguinte forma por atividade e grupos etários:

Música para bebês

A1 – bebês de 8 a 15 meses

A2 – bebês de 16 a 20 meses

Música e artes visuais para bebês e crianças

B1 – 20 meses a 2 anos e meio

B2 – 2 anos e meio a 4 anos

Música

Nas aulas de Música o universo sonoro-musical é apresentado gradualmente, oferecendo a possibilidade aos bebês e às crianças de construírem seus parâmetros internamente para, assim, expressá-los de forma mais completa. A manipulação de materiais e instrumentos musicais, os movimentos corporais, a contação de história, estão sempre presentes, incentivando os pequenos. A profe Cláudia, cuidadosamente, vai percebendo as mudanças das turmas e propondo atividades que vão desafiando a curiosidade, sempre atenta às demandas e solicitações dos bebês e crianças.

Artes Visuais

Pensamos na Arte como linguagem fundamental para se compreender o contexto no qual se está inserido de forma sensível, podendo, desde muito cedo, dialogar e interferir com seu meio e consigo. O que se busca não é um produto final, mas uma ênfase no processo de cada criança, bem como a sensibilização do indivíduo. A profe Sofia Perseu é a responsável pela atividades de artes visuais na Casa.

Para maiores informações, entre em contato conosco por e-mail ou what’s, ou nos ligue.